sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Biblioteca José Paulo Paes, na Penha





Um comentário:

Anderson Gomes disse...

Huahauhau... gostei da historinha do padre. Como história de humor negro ficou bem engraçadinha. ;)